Buscar

CBSurf sofre pedido de intervenção judicial na eleição para presidente e vice

Por Mateus Marinho Federações de vários estados entraram na Justiça pedindo a suspensão da eleição.

Os bastidores do surf brasileiro seguem agitados. Após a conturbada eleição para escolha de novo presidente e vice, realizada no último dia 30 de dezembro, a Confederação Brasileira de Surf agora sofre com um pedido de intervenção judicial encabeçado por diversas federações de todo o Brasil. As entidades alegam fraude no processo eleitoral.


As federações de Sergipe, Paraíba, Espírito Santo, Pernambuco, Alagoas e Ceará, juntamente com a chapa Nação Surfe Brasil, entraram na Justiça pedindo a suspensão da eleição, que inicialmente havia sido marcada para o dia 18 de dezembro de 2020, mas foi realizada no dia 30. A reclamação é que a CBSurf teria tirado o direito de voto dessas sete federações, sem apresentar uma justificativa.


Diante da denúncia das federações, a Justiça entendeu que as solicitações eram legitimas e determinou uma série de novas providências que a CBSurf teria que tomar antes de realizar um novo pleito. Uma dessas providências era a realização de novas eleições para os postos de representantes dos atletas, decisão essa que foi ignorada, segundo as federações. De acordo com o pedido de intervenção judicial, a CBSurf ainda indicou dirigentes e juízes de surfe para que votassem como representantes de atletas.

Diante dessas irregularidades, o grupo que havia iniciado o processo - 8140526-62.2020.8.05.0001 - enviou uma petição ao desembargador Salomão Resedá no último dia 7 de janeiro, dia que a Justiça baiana retornou parcialmente às suas atividades. De acordo com as federações, o pedido de intervenção junto à CBSurf visa a realização de eleições transparentes e sem riscos de fraude. A Justiça baiana retorna às atividades integralmente no dia 20 de janeiro, e só após essa data é que teremos uma decisão oficial da Justiça.


Após a repercussão do caso as federações do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul se juntaram ao processo, e também por entenderem que as solicitações das referidas federações são legitimas. O Cutback entrou em contato com a CBSurf e até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

©2019 by Blog Cutback. Proudly created with Wix.com