Buscar

Embaixada traz Valentin Neves de volta ao Brasil


Valentim agradecendo por já estar em casa. Foto: Acervo Pessoal/Instagram

Em meio a pandemia mundial muitos brasileiros foram pegos de surpresas em outros países, tendo que permanecer no local por algumas semanas sem perspectiva de quando retornariam para o Brasil. A embaixada brasileira teve que agir para "resgatá-los" em ao redor do mundo. Nessa última quinta-feira (2) o surfista de Saquarema, na Região dos Lagos, Valentin Neves conseguiu ser trazido de volta para a sua terra. Valentin estava no Peru treinando com alguns amigos antes da quarentena mundial, tendo que ficar em solo peruano por várias semanas sem saber quando retornaria. O atleta falou com exclusividade com Cutback e contou um pouco da história. "No último mês eu estava no Peru e estava treinando, Fui para treinar com uns colegas, Acabei ficando mais tempo para ver se rolava um campeonato, Acabou que com a pandemia não rolou campeonato e eu tive que ficar lá na quarentena, Mas graças a Deus, depois de duas, três ou quase um mês esperando nessa quarentena eu recebi uma ligação da embaixada brasileira falando que eu poderia ser repatriado ao Brasil e fiquei muito feliz, disse. O sufista ainda completa dizendo que foi orientado e como seria a volta ao Brasil. "Peguei todas as coordenadas e tudo que tinha para fazer e foi um processo longo, Tive que ir para São Paulo, depois vir para o Rio de van. Foi um processo demorado, mas acabei chegando, graças a embaixada brasileira no Peru. Um abraço aí, isso foi o que aconteceu e eu estou feliz de estar em casa de novo", finalizou. O saquaremense também agradeceu muito o seu padrinho, Oscar Morante, que mora no Peru e tem uma pousada por lá, a Pico Alto Surf Camp. O Valentin é filho de um dos maiores surfistas do país, o grande Léo Neves. O ministro Braga Netto, da Casa Civil, atualizou os números de brasileiros repatriados pelo mundo, chegando a 11.235, por conta do novo coronavírus.

©2019 by Blog Cutback. Proudly created with Wix.com