Buscar

Morre o surfista mais velho do Brasil

Seu Freitas, de 89 anos, não resistiu a complicações de uma cirurgia nos rins.


O surf brasileiro está de luto. Morreu nesta terça-feira (19), aos 89 anos, Affonso Freitas, ou como era carinhosamente chamado no mundo do surf, Seu Freitas. O surfista mais velho do Brasil não resistiu a complicações de uma cirurgia nos rins. Ele morava no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio.

Seu Freitas após um surfe. Foto: Divulgação

Seu Freitas deixou um legado no surf brasileiro, por incentivar pessoas com mais idade a praticarem o surf. Ele também contribuiu para o desenvolvimento da modalidade no Brasil, com a criação do Rocky Center, um local voltado para auxiliar os surfistas com logística. O objetivo é abrigar os surfistas que moram longe e dar toda estrutura como guardaria de pranchas, chuveiros e vestiários.


Além disso, seu amor pelo esporte também influenciou sua família. Seu filho Marcelo, que aprendeu a surfar com o pai, é tricampeão mundial de longboard e campeão Pan-americano de long. Já a neta Maria Julia é uma das promessas do surf brasileiro, conquistando vitórias em diversos campeonatos.


Em uma entrevista ao portal Itaú Viver Mais, em 2016, Sr. Freitas contou sobre como conheceu o surf: “Quando comecei a surfar em 1968 eu era um homem tenso, irritado, com dores aqui e ali, vivia à base de remédio. Era empresário, tinha uma loja de móveis, estava sempre estressado. Naquela época, o surf ainda estava chegando ao Brasil, as pranchas eram importadas, precisei enfrentar três preconceitos: a idade (eu tinha 38 anos), a discriminação (surfista era vagabundo), e o aprendizado”, disse.

©2019 by Blog Cutback. Proudly created with Wix.com