Buscar

Pedro Scooby detona cenário do surfe: “Machista, homofóbico e racista”

O surf é um esporte considerado elitista por anos e alguns assuntos, mesmo no século XXI, parecem ser tabú. Falar de racismo, homofobia e machismo no meio da modalidade é algo sempre deixado para depois. Um dos grandes nomes desse universo, Pedro Scooby tocou na ferida e falou verdades em uma entrevista dada ao canal Série Ao Fundo. Recentemente em suas redes sociais, Scooby falou que o surf é um esporte machista, homofóbico e racista. E ao ser perguntado sobre a postagem, Pedro respondeu que "o surfista sabe que é uma grande realidade. Durante anos nunca existiu um surfista gay? Nunca se assumiu porque tem medo", disse. O surfista continua e cita um documentário exibido no canal Off onde mostram gays que se assumiram no meio do surf. "Os caras falando: 'eu tinha medo de chegar na praia e mostrar que eu era gay. De me baterem, me tirarem do mar'. É o esporte muito homofóbico". afirmou.

Pedro Scooby no Quarentena SAF. Foto: Reprodução/Série Ao Fundo

Logo depois Pedro fala do machismo dentro da modalidade. "O lado machista que eu falo... você chega em um pico de surf e quando mulher tem prioridade no pico? Raras as vezes". Pedro relata que tem amigos gays e fala que "eu chego com os caras na praia e começam a olha torto. Mas só que como eu sou um cara que dificilmente vão me expulsar da água ou vai ter um problema comigo. As pessoas tem que engolir". Mas, infelizmente, com outras pessoas não é assim", falou. A entrevista segue e Scooby toca no assunto do racismo, falando que o surf é um esporte racista e dispara contra as empresas surfwear. "É um esporte racista, não por parte do surfista. Mas por parte das empresas do mundo do surf. Você vê Weslley Dantas [surfista negro] é um dos melhores surfistas da nova geração, tem muito estilo, surfa demais... Cadê o patrocínio dele? Nunca vi ele com patrocínio bom na vida", dispara. Pedro continua no assunto e fala de outro atleta negro, o Wiggolly Dantas, que já foi da elite do surf mundial. "O Guigui [Wiggolly] foi da Quiksilver e vieram me mandar mensagem 'po, mas o Guigui já foi da Quiksilver..'. Foi. E quando ele saiu, por que que não entrou em outro patrocínio? Se ele fosse loirinho de olho azul, teriam 10 na porta esperando por ele", comentou.



©2019 by Blog Cutback. Proudly created with Wix.com