Buscar

Sunny Pires é a mais nova promessa do surf brasileiro

Atualizado: 15 de Jul de 2019

A Região dos Lagos vai ganhando destaque por produzir grandes talentos para o surf. A cidade de Búzios vem formando surfistas de alto nível para as competições nacionais e internacionais. O município buziano revelou mais um: Sunny Pires. Aos 14 anos, Sunny vem se destacando em sua categoria e vem conquistando alguns títulos em sua breve carreira.


O adolescente faz parte do Instituo Gabriel Medina (do campeão do mundo de surf em 2018), que fica onde vem se desenvolvendo no esporte. Após expressivos resultados, Pires foi convidado pelos pais do Medina para participar do Instituto, que fica na Praia de Maresias, em São Paulo.

Sunny comemorando o título da 1° etapa do circuito Hang Loose. Foto: Divulgação

No final de junho, o jovem competidor se consagrou campeão de mais um evento, dessa vez um dos mais tradicionais do país: Hang Loose Surf Attack. “O evento Hang Loose é um evento muito tradicional no surf brasileiro. Por lá passaram todos os surfistas que estão no CT hoje, foram campeões e esse evento o Sunny tem grande destaque, são três vitórias com essa já, fora as finais que ele já fez”, revela Charles, o pai do adolescente, que está presente na maioria das competições.


Sunny levantou o caneco na sua categoria: sub-14. Fazendo a final com um dos atletas, que assim como o buziano, é considerado um dos melhores do Brasil na categoria. Sunny e Rayan Kainalo, segundo especialistas, são os maiores da sua faixa-etária. “Os dois tiveram uma grande atuação, mas o Sunny acabou levando a melhor, com duas notas altas, um 7,25 e um 7,35. A preparação dele é no instituo Gabriel Medina, eles têm um trabalho lá muito sério, que ele faz isso todos os dias da vida. Que é natação, apneia, educação física... é levado muito a sério por eles e pelo Sunny também”, falou.


O Sunny ficou empolgado com a competição que fez e agradeceu ao Instituto Gabriel Medina. “Sou tratado com muito carinho pelo pessoal de lá, desde o pessoal que faz a comida, até os professores, os donos que são o Charles, Simone e o Gabriel Medina e todos me acolheram muito bem. Vem desenvolvendo um grande trabalho e estou muito feliz com o resultado”, disse.

Geribá, de onde o Sunny se desenvolveu antes de ir para o Instituto, é um grande celeiro de bons surfistas. “Tem muita gente boa surfando por ali, é uma onda muito boa para manobrar, é uma grande escola, sem dúvidas. Eu amo está surfando em Geribá. Estou começando a surfar em Maresias, onde as condições são mais pesadas, uma onda muito forte, tubular. Começando a encarar esse tipo de onda por lá, muito forte, quebrando muitas pranchas e evoluindo. Mas aqui em Geribá eu amo, amo estar em casa”, revelou Pires.


Sunny começou a surfar aos 4 anos de idade por incentivo do seu pai, que também surfa. E desde então segue o caminho das competições. Em 2019 o calendário do Sunny está cheio: Circuito Brasileiro, Circuito Hang Loose (venceu a primeira etapa) e o Estadual.


O circuito Hang Loose conta com 4 etapas. A próxima etapa será em Ubatuba, dos dias 19 a 21 de julho, Guarujá, de 20 a 22 de setembro, e a final, em local a ser definido, de 25 a 27 de outubro, todas no estado de São Paulo.

©2019 by Blog Cutback. Proudly created with Wix.com